Evidentia da semana #432019

Destaque

Podcast Evidentia Médica – episódio#27 – O preguiçoso, o rebelde e o teimoso – um conversa sobre guidelines e a razão de não as seguirmos (só às vezes….)

Sinvastatina + Ezetimibe na prevenção secundária de eventos cardiovasculares em idosos: melhor que sinvastatina em monoterapia? – Notas de Evidentia #292019 – A Gisela ajuda-nos a fazer sentido desta pergunta clínica.

Recomendações elaboradas sistematicamente

Pediatria: tratamento de enxaqueca em crianças e adolescentes. Guideline conjunta da Academia Americana de Pediatria e Neurologia https://t.co/1ahLrrHTRy #recomendações

Colite ulcerativa: resumo da actualização da guideline da NICE https://t.co/8TIecD8P97 #recomendações

Estudos primários

Hipotiroidismo subclínico em pessoas com mais de 80 anos >> não tratar! Ensaio clinico esclarece que o que está mal é o intervalo de normalidade das análises pois tratar vs não tratar não revela qualquer diferença clínica. https://t.co/QvnmRKnDqn #experimental

Dieta: quanto mais restritivas em calorias mais peso se reduz (e mais rápido) mas também maior a perda de massa óssea. Cuidado em mulheres na pós-menopausa com elevado risco de fractura. https://t.co/291ph57MvB #experimental

Osteoporose: odanacatib abandonado porque aumenta eventos cardiovasculares, particularmente AVC. Actividade física e evitar quedas. Medicamentos não ajudam. https://t.co/PadxT6agoy #experimental

Tuberculose: será que temos vacina? seguimento médio de 2,7 anos, a TB pulmonar activa ocorreu menos no grupo que fez a vacina do que com o placebo – 0,3 versus 0,6 casos por 100 pessoas-ano https://t.co/3UtuLjwri7 #experimental

Precisamos de psicólogos nos cuidados de saúde primários. Já sabíamos que é uma medida eficaz no tratamento de depressões major. Agora sabemos que é custo-eficaz. https://t.co/Rw7wlfx3xf #custoeficácia 
https://t.co/mTAaplTybL #editorial

Trabalhadores felizes são 13% mais produtivos. https://t.co/9XXlBr1YuA #observacional

Após a Menopausa: actividade física regular, mesmo de baixa intensidade, diminui risco de fracturas em pessoas mais velhas. 14 anos de follow-up de 77000 mulheres https://t.co/lyP7jGBgZK #observacional

Não temos uma dieta que funcione para todos. Porque essencialmente todos somos diferentes e únicos. https://t.co/2JDa8xMrlX #opinião

Pediatria: lesões dos miúdos no futebol. Revisão https://t.co/Nab547F6Sk #revisãonãosistemática

A necessidade de re-humanizar os cuidados de saúde – a propósito do burnout médico e a segurança de todos https://t.co/0OrEHgn3su #editorial

Quando a mortalidade é um outcome relevante deve-se medir mortalidade por todas as causas como variável resultado primária e deixar a mortalidade específica por determinada doença como secundária. E não o contrário. 👇 https://t.co/6z3ZCNRsaU #metodologia

2 thoughts on “Evidentia da semana #432019

Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a website or blog at WordPress.com

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: