Evidentia da semana #492019

Destaque

A Inês Teixeira analisou o ensaio do novo antibiótico para pneumonia adquirida na comunidade, a lefamulina. A não perder.
Destaco as guidelines para enxaquecas em crianças e rastreio dos aneurismas da aorta abdominal, de novo a suplementação com vit. D, objectivos tensionais após AVC, acupunctura (ui… não se piquem) e a utilização ou não de beta-bloqueantes em pessoas com insuficiência cardíaca.
Também muito interessantes os estudos de coorte sobre a utilização de ansiolíticos/hipnóticos e a sua correlação dose-dependente com mortalidade, a utilização inadequada de antibióticos (números que impressionam) e quais os determinantes de prescrição dos mesmos e a profunda relevância das desigualdade sociais no estado de saúde das pessoas.  

Boas leituras!

Recomendações elaboradas sistematicamente

Rastreio de aneurisma da aorta abdominal – recomendação da USPSTF https://t.co/R4rQwVtrKM #recomendações 

Enxaqueca em crianças e adolescentes: tratamento agudo e prevenção. Sinopse de guideline https://t.co/WLxdOQJG2j #recomendação 

Revisões sistemáticas

Crianças e adolescentes: mais tempo com ecrãs associado a menor rendimento académico, particularmente nos adolescentes e com TV e em videojogos. A evidência não me parece clara mas não me choca que recomendem reduzir https://t.co/5j4W7FG7MK #revisãosistemática

Estratégias para gerir dispepsia não investigada. “Test and Treat” para H.Pylori a melhor no balanço benefício-malefício https://t.co/kIfdMqEJrm #revisãosistematica #nma 

Estudos primários

Vitamina D: suplementação em adultos doentes internados com déficit de vit.D NÃO reduz mortalidade frente a placebo. Não houve diferença clinicamente relevante em NADA. Não medir. Não tratar. https://t.co/woVnMiq3Uq #experimental 

Após AVC devemos procurar tensões abaixo de 130/80 mmHg? Resultados do estudo diz que não mas conclusões dizem que sim. Confusos? Pois… Eles fazem uma meta-análise com 3 ensaios anteriores e com isso alteram o sentido da conclusão do próprio ensaio. Mas ok, mesmo assumindo q TA ~120 é estatisticamente melhor, será que podemos afirmar que o benefício individual é clinicamente relevante? Provavelmente não https://t.co/UeNUASbwdT #experimental

Acupuntura para efeitos adversos de radiação em cancro da cabeça e pescoço.
Estudo revela:
– melhor q cuidados habituais mas igual q “acunpuntura falsa”
– diferenças sérias nos centro americano VS chinês
Interpretação = placebo https://t.co/fvyBRmiwtz #experimental 

Toma de ansiolíticos/hipnóticos associada, de forma dose-dependente, com mortalidade por todas as causas em doentes de cuidados primários. https://t.co/7MWc5zpWRE #observacional 

Antibióticos: 18% são prescritos sem indicação documentada. Ser homem, passar mais tempo com o médico e consultas em cuidados de saúde secundários associados com maior risco de prescrição de antibiótico sem indicação https://t.co/5ufjhgeDye #observacional 

Antibióticos: determinantes de prescrição. Estudo qualitativo. Interessante ver o que dizem os médicos que trabalham em clínicas com baixos índices de prescrição ? https://t.co/UbwdilxfVt #qualitativo 

O impacto das desigualdades sociais na multimorbilidade, fragilidade, limitações funcionais e mortalidade. Follow-up de coorte ao longo de 24 anos. https://t.co/fXUdboBcOR #observacional 

Náuseas na gravidez: mais evidência que o ondansetrom é seguro durante o primeiro trimestre https://t.co/0zN0XyCL8P #observacional 

Usar beta-bloqueante em pessoas com insuficiência cardíaca? DEPENDE… Análise secundária do estudo TOPCAT revela que Não usar se FE >50% (usar BB é pior) Pode ajudar se FE <50% (usar BB melhor) decisão nada linear. https://t.co/HmHEEGPyXg #observacional 

Estudo alerta para a sobremedicalização com anticoagulantes orais de doentes com FA com baixo risco tromboembólico. recomendo a sparctool https://t.co/PXyI9v4JHa nesta matéria https://t.co/7NpG2QuGaZ #observacional 

Idosos hospitalizados com enfarte agudo do miocárdio: Modelo de 15 variáveis correlacionadas com mortalidade a 6 meses. https://t.co/lKISuGoIqt #observacional 

Política e o estado de ânimo dos jovens médicos. Eleição de Trump e tomada de posse bateu records de humor deprimido https://t.co/UXbmEYvh4z #observacional

O que os doentes com diabetes mais querem do seu médico é: 1.informacão; 2.atencão e compreensão; 3. novo tratamento
Questionário https://t.co/qEAG8Gjb5K #observacional 

Sintomas cognitivos na doença de Alzheimer: revisão das opções terapêuticas? https://t.co/pQaB2gPcGj #revisãonãosistemática 

Obstipação: revisão https://t.co/V75fzkXotI #revisãonãosistemática 

Como o Twitter está a mudar a investigação médica. O @EvidentiaMedica nasce disto. Tb interessante a discussão de algumas universidades considerarem o perfil online dos investigadores quando contratam. Fará sentido? imho yes https://t.co/FEXdFtA8Ql #opinião 

Dr. Trump – alguns momentos emblemáticos em temas de saúde Já clássica edição de Natal do BMJ ? https://t.co/UXbmEYvh4z #énatalninguémlevaamal:)


Queres saber qual a base teórica para organizarmos a literatura desta maneira? Escrevemos um artigo sobre isto. [download pdf aqui]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *