Fragilidade e mortalidade – notas de evidentia #4|2019

Por Inês Mendes Correia Em indivíduos institucionalizados, com 65 ou mais anos, sem demência e independentes nas atividades de vida diária (AVDs), qual o impacto da fragilidade física e défice cognitivo no tempo até ocorrer dependência nas AVDs e morte? O que fizeram? Estudo de coortes prospectivo. Foram incluídos 7338 indivíduos institucionalizados, com 65 ou…

Continuar a ler…

FA, antitrombóticos e risco de hemorragia – notas de evidentia #3 | 2019

Por Inês Mendes Correia Em indivíduos com 50 ou mais anos e diagnosticados com fibrilação auricular, qual o impacto das várias terapêuticas antitrombóticas na ocorrência de hemorragia major? O que fizeram? Realizaram um estudo de coortes em doentes dinamarqueses com 50 ou mais anos, com diagnóstico de fibrilhação auricular realizado entre 01 de Janeiro de…

Continuar a ler…