Evidentia da Semana #202019

Destaque

episódio do podcast dedicado à vacina contra a Meningite B e folheto para decisão partilhada

Como esclarecer dúvidas clínicas? Publicação na Revista Portuguesa de Medicina Geral e Familiar. Entre outras dicas, explicamos a razão de dividir os artigos em recomendaões elaboradas sistematicamente, revisões sistemáticas e estudos primários https://t.co/Wlp2hrWxAt

Curso de Avaliação de Literatura Médica – 4ª edição – 01 a 05 de Julho de 2019 – inscrições abertas – link aqui

E agora a literatura da semana.

Recomendações elaboradas sistematicamente

Hipotiroidismo subclínico (TSH elevada e FT4 normal) em adultos: não tratar!! Recomendação forte. 
https://t.co/lto79udlWw #recomendações

Doença de Chron: diagnóstico e gestão clínica. Sinopse de guideline 
https://t.co/Dh1Lpejc4X #recomendações

Artrite idiopática juvenil: guidelines de 2019 da American College of Rheumatology/Arthritis Foundation Atenção ao baixo nível de evidência de algumas recomendações 
https://t.co/5P6Rc8iCcn #recomendações

OMS sublinha relevância do exercício físico na prevenção da demência. Evidência de qualidade moderada; recomendação forte. 
https://t.co/IZ5jB849bP #recomendações

Revisões sistemáticas

Prescrição potencialmente inadequada em idosos associada a:
+ idas à urgência,
+ hospitalizações;
+ eventos adversos;
+ declínio funcional;
– qualidade de vida
Qualificação da prescrição é muito necessária!
https://t.co/rx59j8mlkR #revisaosistematica

Idosos e Fragilidade – combinação de treino de força e suplementação proteica é eficaz para atrasar ou reverter a fragilidade.
Será? Graves limitações metodológicas. Treino tem efeito na diminuição de risco de quedas. 
https://t.co/MtuUErhIXe #revisãosistemática

57% dos abstracts e 67% do texto principal de artigos de ensaios cardiovasculares reportam resultados primários estatísticamente negativos de uma forma manipulada dando um tom positivo aos mesmos. 
https://t.co/JPUbDxvsMu #revisãosistemática

Estudos primários

Cuidados de saúde explicam 5-15% da variação na morte prematura. Já os determinantes sociais e comportamentais são responsáveis por 16-65% dessa mesma variação. Onde é que estamos a meter os euros? 
https://t.co/DIhrOypkrQ #populacional

Determinantes sociais: é possível em menos de 1 minuto obter informação essencial sobre problemas sociais graves.
Estes autores demonstram isso bem. Se não perguntarmos não saberemos. 
https://t.co/xxVTQYapk1 #observacional

Dabigatrano não foi superior ao AAS na prevenção secundária de AVC. Ensaio clínico 
https://t.co/OtwD8URBAZ #experimental

Comida ultraprocessada levou a maior ingestão de calorias e ganho de peso vs comida não processada num ensaio clínico. Algumas limitações metodológicas mas sublinha o quão suceptíveis somos.  https://t.co/vNisHIQWrW #experimental

O que pensam pessoas com multimorbilidade quando não concordam com a desprescrição de medicamentos.
Maior literacía científica é necessária!
https://t.co/fepFTQ41kV #qualitativo

O uso de tramadol foi associado a um maior risco de uso prolongado de opioides em pacientes com um episódio agudo de dor em comparação com outros opioides de curta duração.
Estudo observacional. Para ter cuidado mas é muito relevante tratar adequadamente a dor.
https://t.co/DGE08uH5JE #observacional

Outros

Estatinas nos idosos: efeitos absolutos. Em >75 anos não são eficazes em prevenção primária. Revisão. 
https://t.co/5DvAbh7J4Y #sinopse

Decisão clínica personalizada requer:
– melhor aquisição, integração e análise de informação de saúde
– novas medições do estado de saúde/doença
– ferramentas comunicacionais para melhor suportar decisões entre doentes e clínicos 
https://t.co/s2fyyhfSvN #opinião

11 domínios dos cuidados primários numa ferramenta: acessibilidade, contexto comunitário, advocacia, abrangência, continuidade, coordenação, contexto familiar, cuidados orientados para objetivos, promoção da saúde, integração e relacão. 
Que venha a validação desta ferramenta.
https://t.co/bqMH4wrDez 

Anúncios

Evidentia da semana #052019


Levodopa não modifica curso da doença de parkinson. ECA no NEJM no qual se comparam [80 semanas de levodopa+carbidopa] vs [40 semanas de placebo + 40 semanas de levodopa+carbidopa]. Nao houve diferença nos sintomas no final. https://t.co/NICtVJ9r0h 


Dapagliflozina vs placebo em #diabetes com factores de risco CV: – não reduz taxa de eventos CV major – reduz taxas de hospitalização por insuficiência cardíaca https://t.co/jY7JpCMIap


Antibióticos para Chlamydia em homens e mulheres não grávidas. Revisão Cochrane: não se consegue dizer se uma é melhor que outra pelo que se mantém: azitromicina 1gr toma única OU doxiciclina 100mg oral bid 7 dias. https://t.co/pdYqYrVMWj


Colheita de sangue em crianças: ensaio que compara técnicas de distracção [1-videojogos vs 2-desenhos animados vs 3-interacção com pais] vs 4-sem distracção. Distracção provoca menos ansiedade e dor. Videojogos o mais eficaz https://t.co/woB3nFlLZM


Trotinetes eléctricas: estudo de 249 acidentes: fracturas (31.7%), lesões na cabeça (40.2%), outras (27.7%) apenas 4,4% levavam capacete. https://t.co/RP2dWDo28v #caso_series


Estatinas em >75 anos: – prev. primária sem factores de risco CV: não – prev. primária com factores de risco CV: sim – prev. secundária: sim https://t.co/2rEF1iWskP #coorte


Hipertensão: o tratamento para valores de pressão arterial sistólica de menos de 120 mmHg em comparação com uma meta menor que 140 mmHg não resulta em redução significativa no risco de desenvolver demência. https://t.co/dgI0L1VCPe #eca


Beta bloqueantes em DPOC: associados a menor risco de hospitalização (19,7%) e menor risco de morte (44%) quando comparados com outros antihipertensores. Pessoal, deixem lá o medo de usar BB em DPOC. https://t.co/0JYD6CIWL4 #populacional


Recém nascidos: prevenção conjuntivite gonocócica recomendada pela USPSTF. Havia controvérsia, esclarecida.  https://t.co/X9P3C6in6A #guidelines


Fibrilhação Auricular: nova guideline americana (AHA/ACC/HRS) Pontos chave: https://t.co/bFUTY4bHCY #guidelines


Exames de rotina têm muito baixo valor e é muito improvável que tenham algum benefício. Actualização de revisão sistemática clássica. https://t.co/ctxjJGFVge #Cochrane


Suplementação de ferro intermitente para anemia e sintomas associados em mulheres em idade fértil: tão eficaz como suplementação continua mas evidência de baixa qualidade https://t.co/fNSB7X4f1J #Cochrane


Programas de exercício físico evitam quedas em idosos. Benefícios superam largamente potenciais riscos. Revisão sistemática. https://t.co/vUoeQkCsC9 #cochrane


Exercício físico em doentes com neoplasias hematológicas: adicionado aos cuidados habituais pode melhorar a fadiga e a depressão. RevSist com poucos e pequenos estudos. Necessária + prova mas direcção do efeito parece positiva. https://t.co/gdT4wgqZ7Z #Cochrane

Episódio#18 – TOP20 POEM dos últimos 20 anos – parte III

Parte III da lista dos 20 artigos que mais impacto na prática clínica tiveram nos últimos 20 anos. Desta feita convidamos um professor e a Ana Rita para nos ajudar.

Diabetes, estatinas, anticoagulantes, PSA e antibióticos.

Alguns dos artigos mencionados já foram analisado em episódios anteriores. Nomeadamente:

Episódio#3 – o PSA e o cancro da próstata – mais uma moeda mais uma voltinha

Episódio #8 – Diabetes, doce problema – parte IV – ACCORD, ADVANCE, VADT

Episódio#11 – Anticoagulantes, prevenindo o nó cerebral

Episódio#12 – interromper antiagregantes ou anticoagulantes

TOP 20 baseado neste artigo aqui

Create a website or blog at WordPress.com

EM CIMA ↑