Evidentia da Semana #192019

Destaque

Muita literatura esta semana. Algumas discussões e recursos na secção final “outros” são imperdíveis! Para digerir com calma.
Mantemos o destaque do Curso de Avaliação de Literatura Médica – 4ª edição – 01 a 05 de Julho de 2019 – inscrições abertas – link aqui

Recomendações

AVC e AIT – guideline da NICE. Atenção porque as recomendações são para o contexto britânico. Atenção: necessário contextualizar para a nossa realidade. Falam de centros de atendimento a AVC e uso de RMN como primeira linha no Dx diferencial.
https://t.co/aAYnG54Yh9 #recomendações

Ovário poliquístico – guideline pra avaliação e gestão clínica 31 recomendações baseadas em evidências, 59 recomendações de consenso clínico e 76 pontos de prática clínica 
https://t.co/fKruA39EU8 #recomendações

Revisões Sistemáticas

Lombalgia e o Dr. Google: websites não comerciais de livre acesso demonstram baixos padrões de credibilidade, fornecem informações imprecisas e não informam adequamente de acordo com os diferentes tipos de LBP. 
https://t.co/JToBpCff25 #revisãosistemática

Estudos primários

Polifarmácia: revisão da medicação atendendo aos objectivos pessoais do doente pode levar a melhor qualidade de vida e decréscimo no número de problemas de saúde. Ensaio DREAMeR 
https://t.co/HS7mLz6eU2 #ensaioclinico

Diabetes: autogestão vs gestão médica na titulação de insulina glargina em diabéticos não controlados. Auto-gestão melhor. 2 notas: 1. envolver a pessoa na gestão dos seus problemas é essencial; 2. nem todos o conseguem https://t.co/urSLOs4GLv #ensaioclinico

Voluntários + equipa de cuidados primários no apoio aos objectivos de saúde e necessidades dos idosos. Ensaio negativo mas.. 1.pouco tempo de seguimento; 2. resultados apontam no bom sentido;3. fantástica ideia! 
https://t.co/fXLgvBvVZl #ensaioclínico

Rastreio do cancro do cólon: AAS (dose única) antes de PSOF não melhora a acuidade diagnóstica do teste. 
Nota: a plausabilidade biológica é o AAS fazer sangrar mais facilmente zonas frágeis (como o tecido neoplásico).
https://t.co/rrZ0eGi6WK #ensaioclínico

Progesterona ineficaz nas ameaças de aborto (hemorragias) no primeiro trimestre da gravidez. Não leva a mais nascimentos. 
https://t.co/2tvlIf8UvX #ensaioclinico

Multimorbilidade: gestão de doenças crónicas através de mensagens electrónicas num portal. Estudo Qualitativo. Os doentes vêm vantagens neste tipo de interacção, sempre que seja depois de uma consulta presencial. Também vêm riscos. https://t.co/Tig48tNVdb #qualitativo Opinião da fantástica @susanmsmith sobre o ensaio TAPESTRY mencionado no útlimo
https://t.co/IYaAEg1ntt #opinião

Demência e as barreiras à decisão clínica: falta de informação sobre eficácia e segurança dos medicamentos; dificuldade em avaliar os efeitos da mesma e a percepção de que interromper os medicamentos é vista como “desistir”. https://t.co/vIVBVDSOCK #qualitativo

Diabetes iSGLT2 e gangrena de fournier (fasceíte necrotizante). Análises de casos reportados à FDA. Cuidado! Importante reconhecer cedo. https://t.co/aAju1L23rt #observacional

Próstata: uso de 5alfa-reductasas pré-diagnóstico associado com atraso no diagnóstico e maior mortalidade em homens que fizeram rastreio com PSA. Uii.. cuidado.  
https://t.co/QC9U1FvDIY #observacional

Sexo: cada vez se faz menos. 🤨
Estudo no Reino Unido. Qual a repercussão destes dados na saúde pública? https://t.co/hYTnWmLlcU #observacional

Probióticos após antibióticos. Evidência que apoia eficácia é fraca e com viéses e a segurança a longo prazo é desconhecida em pessoas doentes. Investigação mais rigorosa a ser feita. https://t.co/aMKlg1jUAA #revisão narrativa

Dieta e mortalidade: os riscos alimentares foram responsáveis por 11 milhões mortes (22% de todas as mortes entre adultos) e 255 milhões DALYs (15% de todos os DALYs entre adultos); Vejam os gráficos no final do post👇 https://t.co/7ncNnqNiSZ #populacional

Outros

NOAC – está entornado o caldo.
Dúvidas lançadas sobre falsificação de dados no ensaio do Apixabano. O silêncio da Pfizer e do NEJM é ensurdecedor. https://t.co/YnRHNqBTQN 
Estas dúvidas não são novas: https://t.co/hwVG8qD2dY #opinião

Currently, there is massive production of unnecessary, misleading, and conflicted systematic reviews and meta‐analyses” Alerta de J. Ioannidis https://t.co/4unOI20DQz #opinião

O que é o viés de publicação? Resposta aqui: https://t.co/VQqU9iqRIu Se quiserem entender isto numa aula com exemplos 👉 CALM (curso de avaliação de literatura médica) 1ª semana de julho na NOVA Medical School Lisboa 
https://t.co/Jq58yVWTQu #educaçãomédica

Diabetes iSGLT2 e GLP-1: resumo de benefícios cardiovasculares e os efeitos adversos. Recordem que: 1. população: DMT2 com elevado risco de evento cardiovascular 2. fármacos novos: meter a lente céptica sff 
https://t.co/ocNUGmVkgs #educaçãomédica

Guia para métodos anticonceptivos (em espanhol) https://t.co/f1LHLhzVLy #educaçãomédica


#orgulhoealegria

Anúncios

Evidentia da semana #112019

DESTAQUE

A Catarina, a Ana Rita e o Bruno Heleno publicaram na revista Medical Education um artigo que descreve os Evidence Based Brunch e a experiência formativa à volta dos mesmos. Parabéns à equipa CALM e à iniciativa completamente fora da caixa!

Evidence-based brunch to practise literatureappraisal skills – https://rdcu.be/brb4x

Recomendações elaboradas sistematicamente

Fibrilhação auricular: recomendações elaboradas sistematicamente – JAMA https://t.co/jTRhayd2U2 #guidelines

Revisões sistemáticas

DPOC: comparação de tratamentos. associação LAMA/LABA apresentam a maior melhoria no VEF1 nas semanas 12 e 24 em comparação com as outras classes de medicamentos inalatórios. SAMA a pior opção. https://t.co/XPUHah607O #metanaliseemrede #nma

Estudos primários

Instagram influencia crianças a escolher alimentos poucos saudáveis mas não tem qualquer efeito nas escolhas saudáveis. https://t.co/zESgwp3RYR #eca

Cancro do colo do útero: auto-colheita é um método tão bom como colheita executada por clínicos. Será que vêm aí mudanças no rastreio nos próximos anos?
…ainda que ensaios anteriores não deram este resultado. https://t.co/N3fjWuPW1O #eca

Dor lombar: manipulação lombar com resultados semelhantes a terapia habitual a longo prazo. A curto prazo pode recuperar a funcionalidade mais depressa. https://t.co/ZJSPRTfOko #eca

Estudo COMPASS: prevenção de AVC em doentes com aterosclerose: Rivaroxabano (Riv) + AAS vs AAS vs Riv; 23 meses Combinação Riv+AAS reduz AVC mas também aumenta hemorragias graves. Riv vs AAS sem diferença. Decisão difícil. https://t.co/Gqy2t5DsYK #eca

Tiroidite de Hashimoto: cirurgia associada a maior Qualidade de Vida quando comparada com tratamento farmacológico. https://t.co/NqVZne1SZ4 #eca

Diabetes: controlo automatizado da insulina leva a melhor controlo glicémico e a optimização das doses de insulina. Atenção que mede resultados substitutos (surrogate) como a HbA1c. Não mede resultados clinicos. https://t.co/6mJKdHzVbt #eca 

Yoga no pós Enfarte Agudo do Miocárdio: aumenta qualidade de vida e facilita retorno ao trabalho. https://t.co/eOQK3IH3OD #eca

Genéricos vs marcas: estudo de bases de dados demonstram igual efectividade no controlo de doenças crónicas. https://t.co/VU7CVr3JHr #observacional

Cancro de próstata: estudo australiano reporta 41% de sobrediagnóstico (cancros que não deviam ser diagnosticados pois, apesar de existirem, não causariam sintomas nem sofrimento) https://t.co/aa0OT5gefg #populacional #rastreio

Hipertensão e declínio cognitivo em maiores de 75 anos: sistólicas >130mmHg associam-se a menos declínio cognitivo. Cuidados com sobremedicação À procura de alvos terapêuticos nonsense. https://t.co/wKkGc9OY6F #coorte

Atopia nas crianças (particularmente dermatite) altera a qualidade do sono. A avaliar nas consultas destas crianças. jamanetwork.com/journals/jamap…#coorte

Tramadol associado a maior mortalidade quando comparado com AINES em doentes com osteoartrose do joelho. https://t.co/icg0cc3087 #coorte

Consumo excessivo de colesterol na dieta (mais de 300 mg acima do recomendado ou meio ovo diário) correlaciona-se de forma significativa a mais eventos cardiovasculares e mortalidade. https://t.co/xQVyjSdT71 #coorte

Outros

Insuficiência Cardíaca: Revisão Lancet 2019 https://t.co/4nAqoMt3cu Muito bom o artigo sobre o tratamento farmacológico https://t.co/XR8RE1QR9Y 
#revisãoclássica

Obesidade: como os kgs a mais induzem viés nos diagnósticos médicos. Reflexão relevante. https://t.co/TuSqBtJGr2 #opinião

Evidentia da semana #102019

Recomendações elaboradas sistematicamente

Diarreia infecciosa: JAMA resume guideline da IDSA https://t.co/ZxEJsm1Lmv #guideline

Revisões sistemáticas

Paracetamol na osteoartrose do joelho e anca: melhoria mínima na dor e funcionalidade. Autores recomendam rever guidelines. https://t.co/WWYqQoj3s6 #revisaosistematica

Prematuros: vale a pena suplementar com iodo? Não. Não se associou com qualquer benefício para estas crianças. https://t.co/TG0vuQlNSv #revisaosistematica

Yoga para incontinência urinária nas mulheres. Tentaram fazer uma revisão sistemática mas não há dados de qualidade. Boa linha de investigação! https://t.co/xA3z8eXjx7 #revisaosistematica

Lavar os dentes com pasta fluorada previne cáries quando comparada com pasta não fluorada. Qual a dose adequada não é claro. Nota pessoal: perante isto mantenho a recomendação da cabeça do dedo mindinho da criança. https://t.co/U6d1ymdJjm #revisaosistematica

Quais as melhores recomendações para tratamento de dor musculo-esquelética? 11 recomendações provenientes de guidelines de elevada qualidade. https://t.co/3OmxKwoqHW #revisaosistematica https://t.co/3CJHRflR74

Diabetes: eficácia e segurança dos novos iSGLT2 em doentes com diabetes e doença renal. Revisão sistemática que tranquiliza https://t.co/mgLOQt4EEX #revisaosistematica

Cardiovascular: iPCSK9 e MACE (major adverse cardiovascular events). Atenção que reportam riscos relativos que são sempre mais impressionantes que os absolutos. https://t.co/Y3dxwLXLmI #revisaosistematica

Inibidores da bomba de protões associados a maior risco de fractuca do colo do fémur. Recomenda-se avaliação frequente da necessidade do seu uso crónico. https://t.co/DP8Je0zRou #observacional #metaanalise

Estudos primários

Vacina sarampo, rubéola, parotidite: – não aumenta o risco de autismo – não desencadeia autismo em crianças suscetíveis e – não se verifica agrupamento de casos de autismo após a vacinação https://t.co/KSiKDkOGDT #coorte

Epidemiologia das doenças crónicas – EpiChron Cohort Study. Uso inadequado dos serviços de saúde e resultados de saúde em doentes com multimorbilidade. 41% pessoas com 45-64 anos e 77% das pessoas >65 anos têm multimorbilidade. https://t.co/8eNvnFbLyS #coorte

Queratose actínica: ensaio clínico que testa 4 estratégias diferentes. Fluoracilo tópico 5% foi a mais eficaz https://t.co/xTgCboJCd2 #eca

Depressão que não responde a tratamento com uma das abordagens clássicas (terapia cognitivo comportamental ou medicação antidepressiva) – o que fazer? Adicionar a outra abordagem. https://t.co/2JVCPWqCCH #eca

Programa de perda de peso pode levar a remissão mantida da diabetes 2 anos depois. https://t.co/cWZN9tskqf #eca

Estatinas nos doentes de elevado risco cardiovascular. Relação inversa entre adesão à terapia e mortalidade. https://t.co/GmmtYkJPG6 #coorte

AAS e cancro da próstata: apesar dos benefícios teórico não parece reduzir o risco de morte por cancro da próstata. Permanecem dúvidas com uso a longo prazo (análise secundária com uso >7,5 anos deu benefício). https://t.co/nBRKge9esh #coorte

Terapia Hormonal de Substituição de longa data associada a maior risco de doença de Alzheimer. https://t.co/6kM5Fv1gKw #coorte

Opinião, Regulação e Apoio à Decisão

Prediabetes: revista science diz que criámos milhões de doentes com um diagnóstico dúbio. Os riscos do excesso de prevenção. https://t.co/SR3s2fzHLu #opinião #overdiagnosis

Depressão: FDA aprova fármaco intranasal para tratamento adjuvante da depressão https://t.co/RrhUbCpihy #regulação

A importância das sínteses de evidência qualitativa. Porque nem tudo é quantificável, muitas vezes importa perceber o porquê ou qual a experiência. https://t.co/0t17EI23TR #opinião

Artrose do joelho, o que fazer? O JAMA explica. https://t.co/Ct4mxfond9 #apoioàdecisão

episódio#3 – o PSA e o cancro da próstata – mais uma moeda mais uma voltinha


David Rodrigues e Daniel Pinto falam sobre o artigo Effect of a Low-Intensity PSA-Based Screening Intervention on Prostate Cancer Mortality – The CAP Randomized Clinical Trial.
Deixem comentário, entrem na discussão!

Artigo em análise:

Screen Shot 2018-03-28 at 15.05.41.png

Martin RM, Donovan JL, Turner EL, et al. Effect of a Low-Intensity PSA-Based Screening Intervention on Prostate Cancer Mortality – The CAP Randomized Clinical Trial. JAMA. 2018;319(9):883–895. doi:10.1001/jama.2018.0154

Ensaios prévios:

PLCO – Andriole GL, Crawford ED, Grubb RL, et al. Prostate Cancer Screening in the Randomized Prostate, Lung, Colorectal, and Ovarian Cancer Screening Trial: Mortality Results after 13 Years of Follow-up. JNCI Journal of the National Cancer Institute. 2012;104(2):125-132. doi:10.1093/jnci/djr500.

ERSPC – Schröder FH, Hugosson J, Roobol MJ, et al. The European Randomized Study of Screening for Prostate Cancer – Prostate Cancer Mortality at 13 Years of Follow-up. Lancet. 2014;384(9959):2027-2035. doi:10.1016/S0140-6736(14)60525-0.

Revisão da Cochrane – Ilic D, Neuberger MM, Djulbegovic M, Dahm P. Screening for prostate cancer. Cochrane Database Syst Rev. 2013 Jan 31;(1):CD004720. doi: 10.1002/14651858.CD004720.pub3.

Sobrediagnóstico – editorial no BMJ Evidence

United States Preventive Services Task Force – rastreio do cancro da próstata

Direcção-Geral da Saúde – Prescrição e determinação do PSA

 

 

Create a website or blog at WordPress.com

EM CIMA ↑